Ciclo da águaMuitas pessoas estudaram na escola sobre o ciclo da água, mas a maioria não lembra mais sobre o assunto, e depois de um tempo os nosso filhos ou até mesmo nós nos perguntamos: “Como é feito o ciclo da água?”, “Por que chove?”, “Como que formam as nuvens?”, entre outras.

Pois bem, o ciclo da água, que também pode ser chamado de ciclo hidrológico diz respeito quanto à troca que acontece diretamente na hidrosfera, entre a atmosfera, a água que está na terra (dentro), as águas acima da terra, as que estão abaixo do solo e as águas que contém nas plantas.

A água vai percorrendo continuamente por cada parte do ciclo da água, onde os principais processos de transferência é a evaporação, a precipitação e o escoamento.

A Evaporação se dá pelos oceanos e outros lugares como rios e lagos quando por meio do aquecimento da água transformando-a em estado gasoso e a evapotranspiração se dá através das plantas e animais para o ar.

O ciclo da água

A precipitação é quando o estado gasoso da água se torna mais condensado e então cai no solo ou no mar.

O escoamento ocorre muitas vezes pela água da chuva, mas também ocorre muito pelo descongelamento da água que faz com a água escoe.

A maior parte da água evaporada nos oceanos, quando ocorre a precipitação ela volta novamente para os oceanos, mas os ventos levam consigo a água evaporada para a terra.

A água é a única substância que se transforma em três estados diferentes da matéria na natureza: que é o sólido, o líquido e o gasoso.

Ciclo da água chuvaA água da evapotranspiração em um certo momento ela chega num nível da atmosfera em que se condensa e formam-se nuvens.

A evaporação da água quando entra num estado de condensação acaba se formando gotículas na qual permanecem suspensas na atmosfera.  E quando elas se agregam, acabam formando em gotas maiores que faz a chuva.

A água da chuva pode seguir por duas opções, ou ela se infiltra formando um lençol freático ou um aquífero ou ela pode escoar pelo solo chegando em algum corpo com água (como é o caso de rios, lagos, oceanos) e então o ciclo continua.

O ciclo hidrológico começa através da energia do sol que incide na Terra. A evaporação direta da água acontece quando a água se “transfere” da superfície da Terra para a atmosfera, nesse caso diz-se que a água passou do estado líquido para o gasoso.

Dentro desse ciclo a vegetação acaba tendo um papel muito importando, pois é ela que absorve pelas raízes uma boa quantidade de água e isso retorna à atmosfera pela transpiração ou pela simples e direta evaporação. Na mudança do estado liquido para o gasoso, há muito calor, que faz com que armazene energia solar na molécula da água, à medida que ela vai se elevando para a atmosfera.

Ciclo água estudo

Ciclo água estudo

Sabendo-se que o sol é o grande responsável para evaporação da água, no verão onde é a estação mais quente, é o momento em que mais se evapora a água.

A evaporação é mais alta nos oceanos onde sofrem a influencia das temperaturas altas subtropicais. Nos oceanos que ficam próximos do equador, onde a precipitação é contínua e regular, a evaporação é menos intensa.

Podemos dizer que nos continentes, quando a precipitação é maior: há florestas e quando a precipitação é menor: há desertos.

A água evaporada é levada através da circulação atmosférica que se condensa depois de muitos percursos variáveis, que podem passar mil quilômetros. Com isso, ela pode voltar à superfície da Terra em uma das formas de precipitação que conhecemos como chuva, neve e granizo.  Também ocorre de nevar e a neve cair sobre a montanha e por lá permanecer intacta por mais de mil anos. Isto pode ocorres por causa do movimento de rotação da Terra e também por causa das correntes atmosféricas.

Ciclo da água como

Ciclo da água como

Esse ciclo da água é um dos maiores fundamentos ambientais, sendo parecido com um sistema de destilação global. É muito importante e também muito bom a gente entender um pouco sobre o ciclo da água, assim sabemos um pouco mais sobre o nosso planeta e a função dele juntamente com função e a importância desse líquido tão precioso no qual a gente não consegue viver sem, A ÁGUA!